Cinco dias de música, gastronomia e artesanato em Albufeira

.

Música, gastronomia e artesanato são o mote para mais uma edição do Festival Al-Buhera. Este ano, são mais de meia centena de artesãos, empresas e associações que, de 26 a 30 de julho, vão mostrar o que de melhor e mais genuíno se faz a nível nacional e noutros pontos do mundo, nomeadamente Marrocos, Goa e Equador. O cartaz musical conta com Miguel Araújo, Resistência, Matias Damásio, The Black Mamba e HMB, entre outros artistas

De 26 a 30 de julho, das 19h00 à 1h00, o Festival Al-Buhera está de regresso a Albufeira, à Praça dos Pescadores, um dos espaços mais emblemáticos da cidade, para cinco noites inteiramente dedicadas ao artesanato, à gastronomia e à música.
O evento aposta forte no programa de animação, com os músicos da terra a dividir o palco com os melhores artistas nacionais.

Entre tendas e bancas coloridas, vão estar mais de meia centena de artesãos com peças genuínas, produzidas a partir de materiais tradicionais como o cobre, madeira, cortiça, pedras e conchas da praia, artigos em couro, bijutaria, têxteis, pintura e objetos de decoração, passando pelo artesanato marroquino, do Equador e sandálias produzidas em Goa.

Uma das atrações do festival é ser possível ainda ver alguns destes artesãos a trabalhar ao vivo, artes consideradas milenares. Para além do artesanato, os visitantes podem encontrar produtos gastronómicos, nomeadamente frutos secos, compotas, mel, licores, conservas, doçaria regional e criativa, produtos alimentares e bebidas da ilha da Madeira.

Este ano, há também uma componente de “comida de rua”, com algumas rulotes distribuídas pelo espaço, a oferecerem ao visitante gelados artesanais, tostas gourmet, cerveja artesanal e o tradicional porco no espeto.

Artistas locais aquecem o palco para os nacionais

Já o programa de animação tem início marcado sempre às 21h00, exceto a animação de rua, que começa a partir das 19h00.

No primeiro dia (26), o grupo albufeirense Banda Alhada faz as honras da casa ao subir ao palco antes do cantor e compositor angolano Matias Damásio. Na quinta-feira (27), Vítor Bacalhau abre o programa que prossegue com os The Black Mamba. No dia seguinte (28) é a vez dos Al-Buhera & Raquel Peters dividirem protagonismo com o grupo Resistência. No sábado (29), o grupo de música tradicional portuguesa José Praia & Aquaviva prepara o ambiente para receber Miguel Araújo e, no domingo (30), o festival despede-se até ao próximo ano com Ben & The Pirates na primeira parte e a banda portuguesa de soul e funk HMB a encerrar o programa.

NC|JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste