Hotéis registam quarta melhor taxa de ocupação dos últimos 20 anos

A taxa de ocupação em julho de 2015 foi de 86,9%. É a quarta maior desde 1995, apenas ultrapassada em 2007 (87,2%), 2000 (89,4%) e 1999 (90,0%)
A taxa de ocupação em julho de 2015 foi de 86,9%. É a quarta maior desde 1995, apenas ultrapassada em 2007 (87,2%), 2000 (89,4%) e 1999 (90,0%)

Em julho de 2015, as unidades de alojamento do Algarve registaram um aumento de 9,4% do volume de negócios relativamente ao mesmo mês de 2014, indicam os últimos dados provisórios da Associação de Hotelaria e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

A taxa de ocupação global média/quarto foi de 86,9%, mais 6,9% que em 2014, sendo que o mercado britânico, alemão e holandês foram os que mais contribuíram para este aumento, ao registar subidas de 10,2%, 22,1% e 17,6%, respetivamente.

Este valor da taxa de ocupação em julho de 2015 (86,9%) é o quarto maior registado desde 1995, apenas ultrapassado em 2007 (87,2%), 2000 (89,4%) e 1999 (90,0%).

As zonas de Lagos e Sagres (+11,9%), Portimão e Praia da Rocha (+11,6%), e Vilamoura, Quarteira e Quinta do Lago (+10,8%) apresentaram as maiores subidas. Albufeira registou um aumento de 2,6%.

A zona de Vilamoura, Quarteira e Quinta do Lago foi a que registou a taxa de ocupação/quarto mais elevada (92,2%). A mais baixa ocorreu em Faro e Olhão (74,5%).

Por categorias, os hotéis e aparthotéis de cinco estrelas (+13,0%) e os de três estrelas (+6,4%) foram os que apresentaram as maiores subidas.

Os aldeamentos e apartamentos turísticos de três estrelas registaram a ocupação mais baixa (84,5%), enquanto os hotéis e aparthotéis de três estrelas registaram a mais alta (89,5%).

JA

.

.

pub

 

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste