Sete marroquinos de Olhão deram negativo à covid-19 e foram para Lisboa

Os sete migrantes oriundos do Norte de África detetados ao largo de Olhão apresentaram resultados negativos nos testes à covid-19 e foram transferidos ainda ontem, sábado, para Lisboa, informou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

“O grupo, composto por elementos do sexo masculino entre os 20 e os 30 anos, será ainda hoje transferido para Lisboa e acolhido pelo Conselho Português para os Refugiados”, lê-se numa nota enviada pelo SEF.

Segundo o SEF, “ ao abrigo do quadro de proteção internacional aplicado em outros casos de cidadãos estrangeiros resgatados no Mediterrâneo, será registado o pedido de proteção internacional destes sete migrantes”.

Quando foram intercetados, ao final da manhã de hoje, os homens tinham consigo, no barco em que se faziam transportar, roupa, comida e jerricãs de combustível, referiu à agência Lusa a Autoridade Marítima.

O barco, com seis metros, foi intercetado por duas embarcações da Polícia Marítima de Olhão e de Faro pelas 12:15, junto à ilha da Culatra, na Ria Formosa, no concelho e distrito de Faro.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste