ALGARVE DESPORTO MODALIDADES

Ténis: Nuno Borges e Pedro Araújo disputam final de Loulé este domingo

[mobileonly] [/mobileonly]

Nuno Borges, número 599 do ‘ranking’ ATP, surpreendeu este sábado o favorito Gastão Elias, antigo top-60 mundial, e qualificou-se para a final da primeira etapa do Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis, que vai disputar com Pedro Araújo.

Foi um dia de surpresas na Vale do Lobo Tennis Academy, em Loulé, em que o jovem Nuno Borges, de 23 anos, impôs uma derrota a Gastão Elias, atualmente no 532.º lugar da hierarquia ATP, em dois ‘sets’, pelos parciais de 6-4 e 6-3, em uma hora e 22 minutos.

“Senti-me muito bem, tal como ontem com o João . Senti que não tinha pressão nenhuma, estava aqui para aproveitar e aprender um bocadinho. Correu muito bem, servi e respondi bem e, com estas condições, acabou por ser esse o segredo do jogo”, revelou, em declarações à Sport TV.

Depois de ter eliminado João Sousa, número 66 mundial, no encontro de acesso às meias-finais, o maiato superou o também experiente Elias e admitiu ser quase “um sonho tornado realidade”.

“Ainda estou a processar. No início do torneio não achei que fosse capaz de ganhar a estes grandes jogadores e exemplos para todos, principalmente no ténis nacional. Desde pequeno que os vejo a serem bem sucedidos no ‘court’, sempre os vi num patamar muito acima e é incrível estar a competir com eles, taco a taco, e as coisas correm bem para mim”, confessou.

Consumado o triunfo, Nuno Borges vai discutir hoje, domingo, o título de campeão com Pedro Araújo, que havia sido eliminado na fase de grupos, mas foi chamado para colmatar a desistência de Pedro Sousa na meia-final, devido a uma lesão no gémeo da perna esquerda.

“Quero desejar as melhoras ao Pedro Sousa. Foi um dia um bocado estranho. Estava a ir para o treino e recebi a chamada de que o Pedro não poderia jogar e que eu entraria para o lugar dele. Aqueci, almocei e vim para aqui um bocado a correr. Mas correu tudo bem”, contou.

Araújo, que já estava em Lisboa a preparar o segundo torneio do Circuito Sénior FPT, voltou a Loulé e acabou por derrotar Tiago Cação, por duplo 6-4.

“Foi um início difícil, o Tiago começou bem e apanhou-me de surpresa. Mas depois encontrei o meu jogo e comecei a ser mais agressivo. No segundo parcial comecei melhor, deixei que ele recuperasse, mas fui mais forte nos momentos decisivos”, explicou o tenista de 18 anos.

O desafio decisivo é frente Nuno Borges, que, frisa Araújo, “está a jogar muito bem, num grande nível e muito consistente”.

“Acabei de passar dois desafios e não quer dizer que amanhã não consiga fazer o mesmo. Todos os encontros são difíceis e a pressão começa a ficar mais do meu lado. Mas tenho de encarar como mais um encontro e aproveitar”, rematou o maiato.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste