A partir de hoje a vida dos portugueses fica mais cara

Entram hoje em vigor algumas das medidas de austeridade anunciadas pelo Governo. A partir de hoje a taxa do IVA sobe um por cento em todos os escalões, o que provoca um aumento nos preços dos transportes, do gás, dos combustíveis e das portagens da Brisa entre outros. Ainda no sector dos impostos, esta quinta-feira entra também em vigor um novo escalão do IRS.

O IVA aumenta hoje um ponto percentual em todos os escalões, mas vários governantes têm manifestado a expectativa de que o aumento não se reflicta nos preços dos produtos e, assim, não prejudique os consumidores.

Os bens de primeira necessidade, como o pão e leite entre outros, que até aqui estavam sujeitos a uma taxa de cinco por cento, desde hoje passam a estar sujeitos a uma taxa de seis por cento.

A taxa intermédia sobe de 12 para 13 por cento e a taxa normal passa de 20 para 21 por cento.

A nova lei do aumento do IVA determina ainda que haja um reembolso a sessenta dias (actualmente é devolvido a em 90 ou 120 dias), o que faz com que as empresas recebam mais rapidamente do Estado.

Ainda no sector dos impostos, quem tiver um rendimento colectável acima de 150 mil euros por ano, passa a ser taxado em 45 por cento. O escalão mais alto do IRS.

Custo de vida mais caro


A reboque da subida de um por cento em todos os escalões do IVA, também os transportes, combustíveis e gás natural.

Nos transportes públicos, o preço dos bilhetes aumenta, em média, 1,2 por cento, uma subida que abrange os urbanos de Lisboa e do Porto, os colectivos rodoviários e ferroviários interurbanos e os fluviais da Área Metropolitana de Lisboa.

Também o gás natural vai subir uma média de 3,2 por cento, havendo variantes nas várias regiões do país.

Com a subida dos preços dos combustíveis, o gasóleo fica no valor mais alto dos últimos 18 meses.

Também desde hoje, 103 das 365 portagens da Brisa vão ficar mais caras, devido à subida do IVA.

Uma viagem na A1, entre Lisboa e o Porto (entre as portagens de Alverca e de Grijó), vai passar a custar 19.70 €, ou seja mais vinte cinco cêntimos do que até agora.

De Lisboa ao Algarve, pela A2, as portagens vão passar de 18.40 € para 18.65 €, também aqui o aumento é de vinte cinco cêntimos.

No seu site na Internet, a Brisa divulga quais são as portagens que sofrem aumentos.

Continente:

– Taxa Normal: 21%
– Taxa Intermédia: 13%
– Taxa Reduzida: 6%

Regiões Autónomas:

–  Taxa Normal: 15%
–  Taxa Intermédia: 9%
–  Taxa Reduzida: 5%

Produtos abrangidos pela subida do IVA:

– Água

– Alimentos

– Produtos de higiene

– Têxteis e sapatos

– Eletricidade

– Transportes

– Gás

– Combustíveis

JA/Lusa

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste