“A recuperação do lince tem servido de exemplo em todo o mundo”

Os responsáveis do CNRLI e da Águas do Algarve consideram que este é “um caso de sucesso e orgulho nacional” (Foto: ICNB - Maio 2016)
Os responsáveis do CNRLI e da Águas do Algarve consideram que este é “um caso de sucesso e orgulho nacional” (Foto: ICNB – Maio 2016)

O primeiro centro nacional de reprodução em cativeiro do lince-ibérico foi inaugurado a 22 de maio de 2009 na Herdade das Santinhas, em Silves. Sete anos e 85 nascimentos depois, o diretor do centro descreve ao JA “uma das maiores histórias de sucesso na conservação de uma espécie criticamente ameaçada” no mundo inteiro. Para Rodrigo Serra, esta obra – que nasceu para compensar os impactes ambientais de uma barragem – já é “um projeto reconhecido internacionalmente e tem servido de exemplo em todo o mundo”

A Herdade das Santinhas (Silves) acolheu os primeiros animais a 22 de maio de 2009
A Herdade das Santinhas (Silves) acolheu os primeiros animais a 22 de maio de 2009

O centro nacional de reprodução de linces-ibéricos de Silves (CNRLI) completa no próximo domingo, dia 22 de maio, sete anos de existência. Nos 18 hectares vedados da Herdade das Santinhas, bem no interior do concelho de Silves, já nasceram 85 animais (dos quais 62 sobreviveram), sendo que atualmente vivem neste centro 32 felinos. Ao todo, 44 animais que nasceram neste centro também já foram libertados no meio natural, a maioria em Espanha, mas também no Vale do Guadiana.

O projeto “está a ser um sucesso”, conta ao JA o diretor do CNRLI, Rodrigo Serra, lembrando que se trata de uma espécie que estava criticamente ameaçada de extinção…

(Reportagem completa publicada na última edição do JA – dia 19 de maio)

Nuno Couto | Jornal do Algarve

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste