Albufeira acolhe uma das maiores exposições da Fundação Serralves

O Espaços Multiusos de Albufeira (EMA) está a apresentar a primeira exposição da Fundação de Serralves organizada no Algarve.

A exposição “Escultura Abstrata nas Décadas de 1960-1970” foi inaugurada ontem ao final da tarde e ficará patente até 5 de setembro, num horário entre as 17h00 e as 23h00.

Trata-se de uma mostra da escultura produzida entre as décadas de 60 e 70, por artistas ligados ao contexto artístico portuense.

Assim sendo, ao longo de cerca de dois meses, Albufeira acolherá um dos maiores e mais valiosos espólios da Fundação de Serralves no que concerne à arte contemporânea: a escultura abstrata produzida por artistas nas décadas de 1960-1970, anos paradigmáticos no que concerne à afirmação de emancipação estética em Portugal, por parte dos nossos artistas plásticos.

“Uma coleção que muito dificilmente voltará a reunir tantas peças de igual importância”, realça a organização, adiantando que a mostra apresenta obras de Alfredo Queirós Ribeiro, Ângelo de Sousa, Armando Alves, João Machado, Joaquim Vieira, Jorge Pinheiro, José Rodrigues e Zulmiro de Carvalho.

A mostra cultural, que integra o programa Allgarve, resulta de uma parceria entre Câmara de Albufeira, Fundação de Serralves e Turismo de Portugal.

A entrada é gratuita.

JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste