ALGARVE Primeira

Albufeira: Detida por fingir cancro para angariar dinheiro

.

Uma mulher, de 33 anos, residente em Albufeira, foi detida hoje, por ordem do Ministério Público, suspeita de ter, ao longo de anos, angariado diversas quantias monetárias com a falsa alegação de ter uma doença oncológica e de precisar de dinheiro para tratamento.

“Os factos são suscetíveis de constituir crime de burla qualificada”, explica o Ministério Público do DIAP de Faro, acrescentando que a detida “será apresentada ao juiz de instrução competente, para interrogatório e aplicação de medidas de coação”.

O Ministério Público tinha aberto, há cerca de um ano, o inquérito para investigar os factos.

A mulher, que tem três filhos, terá burlado centenas de pessoas que aderiram com donativos numa campanha lançada no concelho de Albufeira e cuja dimensão ultrapassou, inclusivamente, as “fronteiras” do município com ações de solidariedade realizadas noutras localidades da região.

A alegada burlona chegou a rapar o cabelo, dizia que tinha um cancro raro e que o dinheiro era para os tratamentos na Fundação Champalimaud.

Advertisements
%d bloggers like this: