Albufeira: Exposições convidam a uma viagem pelo “Outro Algarve”

Neste mês de outubro, as exposições patentes nos vários espaços culturais de Albufeira convidam a uma viagem pelo “Outro Algarve”, ao mundo especial do “Terno Efémero”, uma mostra de fotografia que visa divulgar a intervenção terapêutica na área do Teatro e da Saúde Mental e a uma visita pelos “Ecossistemas II”, com uma exposição de pintura.

O destaque vai para a exposição “Outro Algarve”, do fotógrafo olhanense Hélio Ramos, que está patente na Galeria de Arte Pintor Samora Barros. Hélio Ramos dedica-se à fotografia desde 1973, tendo iniciado a sua carreira profissional em 1981. O seu trabalho desenvolve-se, essencialmente, em torno de três áreas distintas: turismo, património e recolha de imagens do Algarve.

Sobre esta exposição, que pode ser visitada de segunda a sábado, das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30, até dia 29 de outubro, o fotógrafo explica que o “Outro Algarve” não é o Algarve do litoral ruidoso, nem o Algarve do interior desertificado, mas sim “o Algarve onde a natureza vive em liberdade e a luz tem outra alma”.

A saúde mental retratada em exposição

Já na biblioteca municipal Lídia Jorge está a decorrer a exposição “Terno Efémero”, uma mostra de fotografia que pretende partilhar as criações cénicas do Teatro Sótão – grupo inclusivo da Associação de Saúde Mental do Algarve (ASMAL). Trata-se de um grupo de carácter experimental, constituído por pessoas com doença mental, que visa contribuir para a reabilitação psicossocial dos seus intervenientes, através da vivência de processos criativos e de experiências estéticas.

As fotografias, registadas entre 2015 e 2018, são da autoria de Cláudia Vargues, fotógrafa algarvia, residente na cidade de Faro. A mostra está patente ao público até ao próximo dia 28 de outubro, de terça a sexta-feira, das 9h30 às 19h15. À segunda-feira e ao sábado, pode ser visitada entre as 10h00 e as 16h00.

Por outro lado, “Ecossistemas II” é o título da exposição da pintora mexicana Sónia Cabañas, que pode ser apreciada na Galeria Municipal João Bailote, junto ao edifício da Câmara de Albufeira, de terça a sábado, das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30, até ao dia 2 de novembro.

Desde 1968, data em que participou numa exposição coletiva de pintura no México, tem exposto regularmente a título individual e coletivo, em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente no Brasil, Espanha, Holanda, Coreia do Sul, Irão, República da Macedónia, Finlândia, Alemanha e Turquia.

(Foto: “Outro Algarve” – Helio Ramos)