Albufeira investe quatro milhões para combater cheias

As cheias do dia 1 de novembro de 2015 chegaram quase aos dois metros de altura em pleno centro da cidade, causando prejuízos superiores a 20 milhões de euros

São cerca de quatro milhões de euros, o valor do investimento previsto para a área da água e do saneamento do município de Albufeira neste novo ano, dos quais 1,5 milhões serão investidos no decorrer de 2019 no casco antigo da cidade. Mas há mais e a área do Inatel, integrada no Plano Geral de Drenagem de Albufeira (PGDA), é uma das prioridades.

O presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, espera assim ver resolvido neste ano o problema das inundações junto ao Inatel.

Para o efeito, devem começar em breve as obras alusivas á mitigação dos riscos de inundação nesta zona da cidade, sendo que as mesmas se inserem no PGDA.

Esta empreitada, no valor de cerca de 300 mil euros, reveste-se de alguma urgência, nas palavras de José Carlos Rolo. “Trata-se de uma zona muito frequentada ao longo de todo o ano, quer por residentes, quer por turistas, e não podemos continuar a ter problemas como este, pois quando a pluviosidade se intensifica, aquela zona é bastante prejudicada. As pessoas queixam-se, com toda a razão e nós, tudo faremos para solucionar esse problema”, frisa o autarca.

Entretanto, em fase de audiência prévia, com início também neste ano, estão os concursos públicos para execução da empreitada de “limpeza e desobstrução das linhas de água do concelho de Albufeira” (por 320 mil euros). Enquanto isso, já se iniciou a empreitada de “reparação de roturas em condutas e ramais da rede de abastecimento de água do concelho de Albufeira“, um investimento de 116 mil euros. Em fase de assinatura de contrato, estão também as seguintes obras: a empreitada de “execução de ramais de fornecimento de água” (116 mil euros) e a empreitada da “rede de águas residuais domésticas – caminho do Paiva”, no valor de 76 mil euros.

A memória das cheias do passado

“Não são investimentos finais”, refere o presidente da Câmara de Albufeira, “são compromissos que temos para com o bem estar das populações”. “A água e a higiene é uma área essencial para que um município prossiga o seu desenvolvimento. É também, seguramente, o fator primordial para que possamos viver e desfrutar de um concelho ambientalmente cada vez mais digno e prudente”, acentuou o autarca…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 24 DE JANEIRO)

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste