Albufeira vai discutir sexualidade e deficiência através do Zoom

Muitos mitos e preconceitos ainda pairam sobre a sexualidade de pessoas com deficiência, mas felizmente estas crenças começam a mudar paulatinamente. Um dos mitos mais comuns é considerar que as pessoas com deficiência são assexuadas.

Com o objetivo de desmitificar os referidos mitos, transmitir conhecimentos e partilhar experiências que visam chamar a atenção de todas as pessoas para a problemática da Sexualidade na Deficiência, em 2020, no Dia dos Namorados, o Município de Albufeira reuniu na Biblioteca Municipal Lídia Jorge vários especialistas na área da sexualidade e psicologia, entidades que trabalham na área e diversos jovens que transmitiram o seu testemunho na primeira pessoa, a mais de 80 participantes oriundos de vários pontos do País. Um mês depois o País entrava em pandemia devido à Covid-19 e os afetos deram lugar a máscaras e isolamento social.

Dois anos depois, o Município regressa ao tema, desta feita com o objetivo muito concreto de analisar como as relações, os namoros e os afetos da população deficiente foram afetados durante a pandemia.

Para o efeito organizou a segunda edição do Simpósio intitulado “A Sexualidade na Deficiência – Afetos durante a Pandemia”, que vai ter lugar no próximo dia 14 de fevereiro, segunda-feira, através da plataforma Zoom, das 9h30 às 12h30.

A sessão de abertura fica à responsabilidade da vereadora da Ação Social do Município de Albufeira, Cláudia Guedelha, e a apresentação do Seminário a cargo da técnica da autarquia Solange Azevedo. Pelas 10h00, está prevista a primeira intervenção pelo grupo de autorepresentantes (SPA) da AAPCDAM – Associação Algarvia de Pais e Amigos de Crianças

Diminuídas Mentais, que à semelhança do que aconteceu em 2020, vêm apresentar relatos verídicos de casais com deficiência, mas agora para contar como lidaram com a separação provocada pela pandemia e as suas reações à falta de afetos.

- Publicidade -

Seguem-se as intervenções da diretora do Lar S. Vicente da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira, Suzete Ruivo (10h50), e do do grupo do Fórum Sócio – Ocupacional da ASMAL – Associação de Saúde Mental do Algarve (11h40) , que irão dar a conhecer as mudanças implementadas pelas respetivas instituições no sentido de se adaptarem aos novos tempos, bem como o trabalho diário desenvolvido com os utentes na áre a dos afetos.

Após cada intervenção, está contemplado um período destinado à intervenção do público, onde são bem vindos todos os contributos, para que juntos possamos refletir sobre o tema e encontrar as melhores soluções para a saúde sexual de quem tem condicionantes físicas e psicológicas. Um modo diferente de celebrar o Amor e o Dia dos Namorados em Albufeira.

Para mais informações e inscrições contacte o Parque Lúdico, das 9h00 às 15h30, de segunda a sexta-feira, através dos telefones: 289 246 908| 289 599 684 ou do email [email protected].

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste