COVID-19

Alcoutim: Central fotovoltaica tem 10 trabalhadores com covid-19

cropped-PAINÉIS-SOLARES.jpg

Uma dezena de trabalhadores da montagem de painéis solares da central fotovoltaica de Alcoutim, localizada na antiga Herdade de Finca Rodilha, estão infetados com covid-19, revelou ao JA o presidente da autarquia, Osvaldo Gonçalves. 

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, os trabalhadores infetados têm nacionalidade indiana e “já está a ser feito um conjunto de testes” por parte da empresa. 

“Esta é uma situação que nos preocupa, pois estávamos mais uma vez totalmente tranquilos”, acrescenta Osvaldo Gonçalves ao JA, referindo-se aos números baixos de casos ativos de covid-19 que o concelho tem tido nas últimas semanas. 

Este surto decorreu do “fluxo dos migrantes que têm este regime de mobilidade, que transitam de zonas para zonas”, que pode ter “efeitos colaterais na comunidade local” e que tem tornado o problema mais complicado “devido às dificuldades de comunicação”. 

Para prevenir, Osvaldo Gonçalves garantiu ao JA que será feito um rastreio junto da comunidade onde os trabalhadores estão inseridos e alojados, em locais onde habitam poucas pessoas. 

Segundo fonte da Administração Regional de Saúde do Algarve, foram feitos testes de diagnóstico a cerca de 50 trabalhadores, 17 deles através do Serviço Nacional de Saúde, “com colheitas no local, em outros laboratórios convencionados e no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA)”. 

“A autoridade de saúde local tomou as medidas habituais, separou os trabalhadores nos seus alojamentos e foram comunicadas as precauções aos doentes”, acrescenta. 

Todo o trabalho foi feito em articulação com as estruturas municipais envolvidas, nomeadamente a Proteção Civil e a Câmara Municipal de Alcoutim. 

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste