ALGARVE ATUALIDADE ÚLTIMAS

Algarve beneficia com crise no Egito

Operadores turísticos estão a desviar clientes do Egito e Tunísia para a Península Ibérica. Algarve, por causa das semelhanças no clima, é um dos principais beneficiários e já sente diferença no golfe.

“Nós já estamos a sentir um aumento do número de turistas de golfe, que eram habitualmente clientes do Egito e Tunísia “, adianta ao Expresso Nuno Aires, presidente do Turismo do Algarve .

E isto ainda será só o começo, fruto da instabilidade que se vive atualmente em dois concorrentes diretos de Portugal, ao nível do turismo, em especial da região algarvia.

A costa sul da Península Ibérica é a principal beneficiária do fluxo de turistas que entretanto ‘abandonaram’ tanto o Egito como a Tunísia e para onde já tinham reservas, levando a que localidades como Alicante, Ibiza, Málaga e Tenerife, em Espanha e sobretudo o Algarve, a nível nacional possam vir a registar um incremento significativo este ano no setor.

“Existem vários operadores britânicos, alemães, mas também franceses que estão a cancelar a operação no Magreb e estão à procura de destinos alternativos e Portugal, sobretudo a região do Algarve, está no leque desses destinos”, acrescenta o presidente do Turismo do Algarve.

No Reino Unido, a companhia aérea low cost Jet2.com e a sua unidade de férias Jet2holidays já suspenderam as operações com destinos no Mar Vermelho, disponibilizando a preços competitivos no site destinos na Península Ibérica.

Pergunta de um milhão de dólares

Ao todo, serão cerca de 70 mil lugares, movimento que terá tendência para crescer, mas ainda sem que se saiba qual o impacto direto na economia nacional. “Essa é a pergunta de um milhão de dólares”, graceja Nuno Aires, “a que nós gostaríamos de saber responder”, afirma.

Ainda assim, admite que o setor está atento e a procurar explorar a oportunidade. “O turismo é assim mesmo é dinâmico, os destinos por vezes beneficiam e outras vezes são afetados por diferentes conjunturas e há que saber adequar as estratégias em função disso”, revela.

Devido à semelhança na oferta turística entre o Algarve, a Tunísia e o Egito sobretudo ao nível da oferta de sol e mar (Sharm El-Sheik é um dos principais destinos de praia do Magreb e recebe milhões de turistas por ano) e aproveitando a instabilidade desses destinos o Turismo do Algarve está agora a pensar num ‘reposicionamento’ do setor para atrair mais turistas e evitar que se dispersem por outros países.

Campanha que promove segredos do Algarve surge em momento oportuno

Curiosamente, a região começará a promover-se numa campanha a nível europeu já na próxima semana, com um spot televisivo que apresenta o Algarve como “o segredo mais famoso da Europa” e em que desvenda locais paradisíacos e habitualmente pouco conhecidos dos turistas, quer nacionais quer estrangeiros.

O spot de 30 segundos, vai passar no canal Euronews entre 15 de Fevereiro e 8 de Março, e pretende dinamizar os ‘early-bookings’ e esbater a sazonalidade.

A campanha, que já estava pronta desde o ano passado e tem sido lançada aos poucos, tinha o intuito de ‘combater’ sobretudo o frio dos países europeus com clima mais rigoroso, mas poderá agora beneficiar também dos efeitos do ‘calor’ revolucionário nos países da concorrência, que já estão a sofrer pesadas baixas com a evasão dos turistas.

Mário Lino / Rede Expresso
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: