CULTURA

Algarve na rota do primeiro filme rodado em Portugal em tempo de pandemia

There's Always Hope: da esquerda para a direita, Colm Meaney, Brenda Meaney, Hannah Chinn and director Tim Lewiston

Uma história de desencontros familiares para o grande público, a produção inglesa There Is Always Hope, foi recentemente rodada em Loulé e Ferragudo durante 14 dias e apresentada esta semana à imprensa internacional no Algarve como o primeiro grande filme internacional rodado em Portugal em tempos de pandemia, anunciou hoje o Diário de Notícias.

Realizado por Tim Lewiston e com Colm Meaney (O Puto) como protagonista, trata-se de um drama familiar filmado inteiramente segundo as mais apertadas regras sanitárias para suprimir a pandemia.

There Is Always Hope é a primeira produção de um estúdio que se está a instalar no Algarve, a Moviebox, cujo plano é trazer grandes produções internacionais para o sul de Portugal, neste caso em associação com a produtora alemã Sky Manor, sediada em Ferragudo, mesmo ao lado de Portimão.

Na apresentação na sede da Sky Manor, Julian Hicks, da produtora Moviebox, destacou o facto de Portugal ser neste momento um dos melhores locais do mundo para se filmar em tempos de pandemia, sobretudo no Algarve. There Is Always Hope, segundo os produtores, é um exemplo de esperança para estes tempos cinzentos, não só pelos incentivos fiscais das autoridades mas também pelo clima e por toda uma boa vontade da região.

Este filme que está a ser terminado no Reino Unido teve uma equipa técnica substancialmente composta por técnicos portugueses e presença no elenco de atores como Cristina Cavalinho e Francisco Fernandes. “Filmar aqui é muito mais fácil do que em Inglaterra”, avança o produtor inglês. Se não houver atrasos, este filme estará pronto em março.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste