Algarve perdeu cerca de 12 mil habitantes em sete anos

De um ano para o outro, o Algarve perdeu quase dois mil habitantes. Se juntarmos a perda dos últimos sete anos, a diferença na população é de 11.687 pessoas
De um ano para o outro, o Algarve perdeu quase dois mil habitantes. Se juntarmos a perda dos últimos sete anos, a diferença na população é de 11.687 pessoas

A população residente da região do Algarve atingiu o seu valor máximo em 2010, quando ultrapassou os 450 mil habitantes. Desde então, o declínio demográfico tem vindo a acentuar-se em praticamente todo o território algarvio. Só em 2017, a população algarvia reduziu-se em 1.852 pessoas, número que sobe para os 11.687 residentes quando comparado com há sete anos. É o equivalente ao desaparecimento do concelho de São Brás de Alportel, ou de Alcoutim, Aljezur e Monchique todos juntos…! Desde 2010, apenas o município de Albufeira viu crescer a sua população, mas ainda assim de forma pouco expressiva

 

O número de habitantes no Algarve teve um decréscimo de 1.852 pessoas em 2017 relativamente a 2016, mantendo-se a tendência de decréscimo da população que se vem verificando desde 2010.

Segundo os dados divulgados este verão pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de dezembro do ano passado, a população residente no Algarve foi estimada em 439.617 pessoas, menos 1.852 na comparação com 2016.

Esta descida da população residente verificou-se em todos os concelhos da região, com exceção de apenas um, Albufeira, que viu a sua população aumentar no ano passado em 191 pessoas, que é considerado, ainda assim, um valor pouco expressivo para este concelho, com mais de 40 mil habitantes. Já os restantes quinze municípios algarvios perderam todos moradores…!

O JORNAL DO ALGARVE apurou ainda que, nos últimos sete anos, a população da região reduziu-se em 11.687 pessoas. Leu bem. É o equivalente ao desaparecimento de concelhos como São Brás de Alportel, cuja população residente total era de 10.459 pessoas em 2017, ou de Alcoutim, Aljezur e Monchique, que todos juntos totalizam cerca de 13 mil habitantes.

Menos 4.333 jovens e mais 8.713 idosos em sete anos

Por outro lado, o envelhecimento da população algarvia acentuou-se em 2017, quando o número de jovens, com menos de 15 anos, desceu para 66.357, o que representa o valor mais baixo da última década. São menos 4.333 jovens na comparação com o ano de 2010.
Ao mesmo tempo, o número de pessoas com 65 anos ou mais aumentou para 93.683, o que também representa o valor mais alto das últimas décadas. São mais 8.713 idosos do que há sete anos…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 4 DE OUTUBRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

pub

 

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste