Algarve sem rebocador para garantir segurança marítima

REBOCADOR 4Os 400 passageiros do paquete Funchal estiveram mais de 24 horas a aguardar pelo auxílio de um rebocador, que teve de vir de Setúbal, para desembarcarem no porto de Portimão. A região algarvia é a única do país que não dispõe de rebocadores que permitam assegurar a segurança marítima e receber cruzeiros de maior capacidade. Os investimentos nos portos algarvios estão prometidos, mas tardam em chegar!

(Toda a informação na próxima edição do JA – dia 9 de janeiro)

NC/JA

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste