COVID-19

Algarve tem mais 48 casos ativos e 280 recuperados desde a semana passada

A região algarvia tem hoje 879 (+48) ativos e 1810 (+280) pessoas que já recuperaram da doença desde a semana passada, segundo o Ponto de Situação de hoje da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro.

Esta semana, o documento inclui um novo mapa regional com o número de casos diários, os casos confirmados e o número de óbitos em cada concelho desde o início da pandemia de covid-19.

Loulé é o concelho algarvio que mais casos registou desde o aparecimento da primeira infeção na região com 446, seguido de Albufeira com 441, Portimão 395, Lagos 321, Faro 286, Tavira 183, Vila Real de Santo António 158, Silves 134, Olhão 114, Lagoa 81, São Brás de Alportel 46, Castro Marim 44, Vila do Bispo 27, Alcoutim 19, Monchique 17 e Aljezur 11.

Em relação ao número de novos casos diários, Vila Real de Santo António, Lagos e Loulé registaram 8, Silves e Tavira 7, Faro 6, Albufeira 5, Portimão 4 e Castro Marim e São Brás de Alportel 1. Aljezur, Vila do Bispo, Monchique, Lagoa, Olhão e Alcoutim não registaram novos casos desde ontem.

Loulé é o concelho algarvio que regista mais óbitos desde o início da pandemia com 10 mortes, seguido de Portimão com 5, Albufeira 4, São Brás de Alportel, Alcoutim e Vila Real de Santo António 3, Tavira e Lagoa 2 e Aljezur e Faro 1. Vila do Bispo, Lagos, Monchique, Silves, Olhão e Castro Marim não têm registo de qualquer óbito.

O número de recuperados aumentou, com uma taxa de 66,5%, mais alta do que o Ponto de Situação da semana passada que era de 63,99%.

Nos hospitais algarvios encontram-se internados 34(+5) doentes, 3 (+2) deles em cuidados intensivos e já foram dadas 146 (+13) altas desde o início da pandemia, enquanto 1408 (+221) pessoas se encontram em vigilância ativa.

Em relação aos óbitos, a Autoridade de Saúde Regional, que fornece os dados à Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro, revela que já faleceram 34 (+4) pessoas por covid-19 na região, apesar da Direção-Geral de Saúde apenas registar 27. Segundo uma fonte da Administração Regional de Saúde, estes “óbitos ocorreram na região, mas as pessoas não tinham residência no Algarve”, revelou ao JA.

Desde o início da pandemia, de todos os testes realizados na região, 112.007 deles obtiveram resultados negativos.

As Zonas de Apoio à População de Castro Marim e Portimão estão ativadas “para quarentena/isolamento profilático”, além de um centro de acolhimento em Tavira, segundo o documento.

Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: