Algarve tem novos diretores regionais de Agricultura e Cultura

Adriana Nogueira é a nova diretora regional de Cultura e Pedro Valadas Monteiro é o novo diretor regional de Agricultura

A região algarvia tem novos diretores regionais de Agricultura e Cultura. Pedro Valadas Monteiro e Adriana Nogueira foram os nomeados pelo Governo para os cargos, substituindo Fernando Severino, na agricultura, e Alexandra Gonçalves, na cultura, respetivamente. A comissão de serviço é de cinco anos.

Pedro Valadas Monteiro, de 48 anos, é licenciado em engenharia agronómica, mestre em gestão empresarial e doutorado em gestão pela Universidade de Évora, sendo que começou a trabalhar na Direção Regional de Agricultura do Algarve em 1995, tendo ocupado vários cargos na instituição, incluindo diretor regional adjunto de Agricultura e Pescas (entre 2009 e 2012). Até à atualidade, era técnico superior da DRAPAlg e professor auxiliar convidado da Universidade do Algarve.

O novo diretor regional de Agricultura vai ocupar o cargo a partir de manhã, dia 15 de dezembro, tal como refere o despacho publicado ontem, quinta-feira, em Diário da República: “Designa-se o professor doutor João Pedro Valadas da Silva Monteiro, para exercer, em regime de comissão de serviços por 5 anos, o cargo de diretor regional de Agricultura e Pescas do Algarve”.

Já a nova diretora regional a Cultura, Adriana Manuela de Mendonça Freire Nogueira, de 52 anos, vai tomar posse no próximo dia 16 de dezembro. Segundo o despacho, a professora auxiliar da Universidade do Algarve e diretora da biblioteca da academia algarvia foi designada para exercer o cargo porque “evidencia perfil adequado e demonstrativo da aptidão e da experiência profissional necessárias”.

Adriana Nogueira irá assumir funções em “regime de substituição”, numa nomeação provisória por parte do Ministério da Cultura, que prevê abrir um novo concurso em breve para preenchimento do cargo. A professora da Universidade do Algarve será uma das concorrentes.

A responsável disse ao jornal do Baixo Guadiana que nos seus planos nunca esteve como objetivo este cargo, até porque tem “uma carreira académica e não política”. Contudo, o convite que aceitou é agora o seu maior desafio e promete “dar um cunho pessoal” à Direção Regional de Cultura.

 ……………………………………………………….

Currículos dos novos responsáveis pela agricultura e cultura na região do Algarve:


Nome: João Pedro Valadas da Silva Monteiro.
Data de nascimento: 17 de maio de 1970.

Formação académica:
2012 — Doutorado em Gestão pela Universidade de Évora;
2002 — Mestre em Gestão Empresarial pela Faculdade de Economia da Universidade do Algarve;
1995 — Licenciatura em Engenharia Agronómica, ramo de Engenharia Rural, pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa.

Formação complementar relevante:
2009 — Curso de formação de Peritos Avaliadores Judiciais, Centro de Estudos Judiciários (integra a Lista Oficial do Tribunal da Relação de Évora).
2006 — Programa de Formação em Gestão Pública (FORGEP), Instituto Nacional de Administração;

Experiência profissional:
2012 até ao presente — Técnico Superior da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve;
2009- 2012 — Diretor Regional Adjunto de Agricultura e Pescas do Algarve;
2007 -2009 — Diretor de Serviços de Planeamento e Controlo da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve;
2005 -2007 — Delegado Adjunto distrital de Faro da Ordem dos Engenheiros;
2004 -2007 — Diretor de Serviços de Planeamento e Política Agroalimentar da Direção Regional de Agricultura do Algarve;
2001 -2004 — Chefe de Divisão de Hortofloricultura da Direção Regional de Agricultura do Algarve;
1995 -2001 — Técnico da Divisão de Infraestruturas Rurais, Hidráulica, Engenharia Agrícola e Ambiente da Direção de Serviços de Desenvolvimento Rural da Direção Regional de Agricultura do Algarve.

Outra atividade profissional relevante:
2016/17 e 2017/18 — Professor Auxiliar Convidado da Faculdade de Economia da Universidade do Algarve.

Publicações: Diversas publicações no domínio do desenvolvimento rural e territorial, economia do mar, ambiente, gestão, inovação e empreendedorismo.

…………………………..

Nome: Adriana Manuela de Mendonça Freire Nogueira

Data de Nascimento: 22 de maio de 1966

Graus académicos: licenciada em Línguas e Literaturas Clássicas – variante de Estudos Portugueses, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (1990), Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica, apresentadas à Universidade da Madeira (1995) e doutorada no ramo de Literatura, na especialidade de Literatura e Cultura Clássicas, pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2001).

Experiência Profissional

Professora Auxiliar de nomeação definitiva na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve desde 2006 até à data;

Diretora da Biblioteca da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2013-2018);

Subdiretora do Doutoramento em Literatura (2018);

Diretora do Departamento de Artes e Humanidades da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2011-2013);

Membro eleito do Conselho Científico da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2011-2018);

Diretora do Mestrado em Produção, Edição e Comunicação de Conteúdos da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2011-2014);

Coordenadora dos Programas Internacionais (de Mobilidade) da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2002-2012);

Subdiretora do Curso de Licenciatura em Línguas e Comunicação da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2011-2012);

Diretora do Curso de Licenciatura em Ciências Documentais e Editoriais da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2007-2011);

Subdiretora do Mestrado em Produção, Edição e Comunicação de Conteúdos da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2010-2011);

Membro eleito do Conselho Pedagógico da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2010-2012; 2001-2005);

Coordenadora da Formação Contínua do DLCA da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2009-2010);

Diretora da Cátedra de Estudos Ibero-Americanos (CEIA) da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2004-2008);

Diretora do Curso de Pós-Graduação em Revisão de Texto da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2004-2006);

Vice-Presidente do Conselho Diretivo da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2003-2006);

Coordenadora, da parte da FCHS da Universidade do Algarve, do Mestrado Interinstitucional em Comunicação Educacional (2003-2007 – com a Universidade de Lisboa);

Diretora do Curso de Línguas e Literaturas Modernas – Variante de Estudos Portugueses e Espanhóis, na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2002-2006);

Coordenadora do III Curso de Verão – Português Língua Estrangeira na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2002);

Coordenadora-adjunta do II Curso de Verão – Português Língua Estrangeira na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve (2001).

Bolsa Fulbright – Visiting Fulbright Scholar Program (researcher) – Cornell University (EUA), de janeiro a julho de 2000.

JA

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste