Alunos de Alvor removeram espécie invasora chorão-das-praias

Os alunos do 8º ano do Agrupamento de Escolas da Bemposta removeram chorão-das-praias nas dunas de Alvor entre os dias 3 e 5 de fevereiro, de modo a celebrar o Dia Mundial das Zonas Húmidas que se comemorou no domingo (2 de fevereiro), anunciou a Câmara Municipal de Portimão.

Esta espécie exótica e infestante presente no sistema dunar de Alvor impede que a vegetação nativa se desenvolva, pelo que esta ação pretende promover nos jovens participantes os valores e funções das zonas húmidas, sensibilizando-os para a problemática das espécies exóticas sobre a diversidade biológica nativa. 

O chorão-das-praias é uma espécie com origem na África do Sul, que em Portugal tem comportamento invasor e foi inicialmente introduzida em território nacional para fins ornamentais e, posteriormente, para fixar taludes e dunas. 

Uma vez que o chorão-das-praias tem uma grande capacidade de propagação e rapidez no seu crescimento, acaba por formar nalguns locais, tapetes contínuos que impedem o crescimento e a sobrevivência da vegetação nativa. 

A iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal de Portimão em parceria com o Agrupamento de Escolas da Bemposta e realiza-se pelo 4º ano consecutivo, juntando professores e alunos da Escola Básica e Secundária da Bemposta, da Escola Básica 2,3 D. João II de Alvor e da Escola Básica José Sobral da Mexilhoeira Grande.

Gonçalo Dourado

Gonçalo Dourado

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

Tamanho da Fonte
Contraste