Alunos de Loulé premiados em Congresso de Cientistas

Quatro alunos do Clube das Ciências da Terra e do Espaço da Escola Secundária de Loulé conquistaram o 1º lugar do Prémio Maria do Carmo Fonseca no decurso da XIV edição do Congresso Nacional “Cientistas em Ação”, que decorreu em Estremoz, com o projeto intitulado “Viagem a um Algarve Tropical”.

O XIV Congresso Nacional
Cientistas em Ação foi promovido pelo Centro Ciência Viva de Estremoz, nos dias
2, 3 e 4 de maio, com alunos dos ensinos básico e secundário a apresentarem
projetos científicos e a partilharem ideias. Os melhores trabalhos foram
premiados com base no conteúdo científico, originalidade, comunicação teórica e
apresentação experimental.

O projeto, apresentado pelos
alunos Leonor Guerreiro, Gonçalo Mendes, Roberto Rosa e Rodrigo Costa,
orientados e acompanhados pelo professor Hélder Pereira, foi considerado o
melhor trabalho desenvolvido por alunos do ensino secundário. O trabalho de
iniciação à investigação científica desenvolvido pelos alunos, ao longo dos
últimos dois anos letivos, permitiu estudar fósseis de espécies típicas de
águas quentes e concluir que, há cerca de 15 a 10 milhões anos, a costa da
região algarvia seria banhada por águas mais quentes do que as atuais com
temperaturas semelhantes às encontradas hoje em dia nas regiões tropicais.

O
evento contou com a participação de cerca de 240 alunos e professores dos
ensinos básico e secundário, de 24 escolas do país, tendo sido apresentados 73
trabalhos perante os colegas, investigadores, cientistas e elementos do júri,
em painéis e por nível de escolaridade, à semelhança de um verdadeiro Congresso
Científico.

Ao promover este Congresso Nacional, o Centro Ciência Viva de Estremoz pretende fortalecer o contacto, a troca de ideias e experiências entre os alunos, professores e cientistas, incentivando a apresentação dessas ideias à observação dos outros, no âmbito da divulgação e comunicação da cultura científica e tecnológica.

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste