Ambientalistas consideram “ilegal” megaprojeto na Praia Grande

O projeto turístico prevê a construção de três hotéis, seis aldeamentos, uma área comercial e um campo de golfe
O projeto turístico prevê a construção de três hotéis, seis aldeamentos, uma área comercial e um campo de golfe

Seis associações ambientais estão contra a construção de um empreendimento na Praia Grande de Silves, que representa um investimento na ordem dos 200 milhões de euros e que vai ocupar mais de 300 hectares (área semelhante a 300 campos de futebol), para onde está prevista a construção de três hotéis, dois aldeamentos turísticos, um campo de golfe e uma zona comercial, num total de quatro mil camas.

Na semana passada, terminou a consulta pública do relatório de conformidade ambiental relativa à primeira fase deste megaprojeto, que consta, há mais de cinco anos, no Plano de Pormenor da Praia Grande de Silves, depois de ter sido aprovado pelo anterior executivo social-democrata da Câmara de Silves. E nem a oposição da atual presidente da autarquia, Rosa Palma (CDU), pode travar o avanço deste projeto…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 16 DE NOVEMBRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

Comentário

  • Eu só quero construir uma casa a norte do golf dos salgados… Mas é completamente impossível… Não tenho os conhecimentos certos…

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste