ALGARVE

Ambientalistas travam uso de glifosato na Ribeira de Aljezur

ponte Aljezur

O Projeto de Requalificação da Ribeira de Aljezur foi suspenso por uma providência cautelar interposta pela Associação de Defesa do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (Arriba) contra a Câmara de Aljezur e APA-ARH. Em causa está a aplicação de glifosato, substância associada ao desenvolvimento de alguns tipos de cancro, para erradicar espécies invasoras e a ausência de um estudo de impacto ambiental numa zona protegida. O arranque das obras teve luz verde do ICNF, ainda que tenham sido sugeridas alternativas ao glifosato

De um lado está a Câmara Municipal de Aljezur que alega que o Projeto, previsto entre dezembro de 2021 e fevereiro de 2022, contou com o parecer favorável da Agência Portuguesa do Ambiente – Administração da Região Hidrográfica do Algarve (APA-ARH) e do o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), com vista à valorização da biodiversidade da Ribeira, numa “situação em que o equilíbrio ambiental estava a ser posto em causa” pela presença de espécies invasoras.

Do outro lado está a Arriba, que questiona uma das medidas do Projeto – a aplicação de um herbicida potencialmente cancerígeno – o glifosato, numa zona de grande sensibilidade ecológica da qual fazem parte terrenos agrícolas e áreas urbanas. No meio está uma providência cautelar que suspendeu os trabalhos de reabilitação e valorização da Ribeira de Aljezur desde o dia 6 de janeiro, por ordem do Tribunal de Loulé.

A luta da Arriba contra a utilização do glifosato nas obras de requalificação na Ribeira de Aljezur, integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, começou no mês de novembro de 2021, depois de residentes e proprietários de terrenos adjacentes à ribeira, “ao não obterem qualquer resposta da Câmara, se socorreram da Arriba” se mostrarem “muito preocupados com as metodologias utilizadas no processo de contenção das espécies invasoras”, neste caso as canas, tal como nos adiantou Marta Monteiro, membro da direção da Arriba.

(…)

Joana Pinheiro Rodrigues

(leia a notícia completa no Jornal do Algarve de 13 de janeiro de 2022)

Assine o Jornal do Algarve e aceda a conteúdos exclusivos para assinantes

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste