DESPORTO

Ana Borges diz que Portugal pode ganhar à Alemanha em Faro

Ana Borges diz que Portugal pode ganhar à Alemanha em Faro
A internacional portuguesa Ana Borges disse na sexta-feira que Portugal já provou que pode ganhar a seleções como a Alemanha, próxima adversária na fase de qualificação para o Mundial de futebol feminino de 2023.

“Sinto que as seleções que estão acima de nós no ‘ranking’ FIFA, como a Alemanha, respeitam mais Portugal, até porque já provámos que podemos ganhar a qualquer seleção, mesmo as mais cotadas”, salientou Ana Borges, jogadora do Sporting, sobre a partida da próxima terça-feira no Estádio de São Luís, em Faro, às 18:00.

Após o treino realizado na unidade hoteleira de Lagos onde a seleção está a estagiar, Borges lembrou que a equipa germânica, terceira no ‘ranking’ FIFA, “foi campeã mundial duas vezes e a equipa que mais vezes se sagrou campeã na Europa”.

Frente à Alemanha, que lidera o Grupo H, com 15 pontos, mais dois do que Portugal, a internacional portuguesa também espera um jogo “com menos posse de bola”.

“É uma equipa muito forte em que todas as jogadoras se destacam e jogam em grandes clubes. Nós vamos meter em campo o nosso coletivo e tentar jogar ao nosso melhor nível. Sabemos a qualidade e o potencial que elas têm, mas só no final é que se fazem contas e queremos continuar a depender só de nós próprias”, afirmou Ana Borges.

No historial de confrontos entre os dois países, a equipa germânica somou quatro goleadas em quatro jogos, sendo o 13-0 de 2003 o pior resultado de sempre de Portugal.

Autora de duas assistências, para os dois primeiros golos de Carolina Mendes, na vitória de quinta-feira sobre Israel (4-0), em Portimão, a avançada realçou que, após a exibição e o resultado, a equipa portuguesa está “naturalmente bem”.

“Foi muito importante conquistarmos mais três pontos, ainda por cima no dia das 100 internacionalizações da Carolina Mendes, com direito a ‘hat-trick’, e da estreia da Lúcia Alves. São três pontos que nos mantêm na perseguição do objetivo assumido para esta qualificação”, referiu.

Francisco Neto contou com todas as 23 jogadoras no treino de sexta-feira, incluindo as titulares do jogo frente às israelitas, que realizaram trabalho de recuperação ativa.

Portugal, que leva quatro vitórias consecutivas no Grupo H, procura a sua primeira presença em fases finais de Mundiais.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste