AR aprova projetos para construção do Hospital Central do Algarve

.

A Assembleia da República aprovou esta sexta-feira os projetos de resolução para a construção do Hospital Central do Algarve e do novo Hospital de Lagos.

As iniciativas parlamentares do PCP e do Bloco de Esquerda foram hoje a debate e mereceram os votos favoráveis do BE, PCP e Verdes, e a abstenção do PS, PSD, CDS e PAN.

Os projetos de resolução defendem a célere construção do Hospital Central do Algarve e recomendam ao Governo que desencadeie os procedimentos necessários para que esse processo se inicie ainda em 2018. Este projeto teve os votos a favor de PCP, BE, PEV e PSD, e a abstenção de PS, CDS e PAN.

Já o projeto que defende a necessidade de dotar o Hospital de Lagos de novas instalações, e recomenda ao Governo que desencadeie os procedimentos necessários para que esse processo se inicie ainda em 2018, mereceu a aprovação do PCP, BE, PEV e PAN, e abstenção de PS, PSD e CDS.

Uma outra proposta, “pela melhoria dos cuidados de saúde hospitalares públicos no Algarve”, contou com os votos a favor de PCP, BE, PEV, PSD, CDS e PAN, e abstenção de PS.

Estes três textos contaram com a abstenção do PS, embora quatro deputados socialistas – Jamila Madeira, Ana Passos, Luís Graça e Fernando Anastácio – tenham votado a favor.

Refira-se que os projetos de resolução não têm força de lei e não passam muitas vezes de recomendações ao Governo.

Ainda sobre a construção do Hospital Central do Algarve, foi rejeitada uma recomendação do PS que sugeria ao Governo que apresente um calendário para a construção da nova unidade de saúde, que mereceu abstenção do CDS e votos favoráveis de socialistas e do PAN, contando com votos contrários das restantes bancadas.

JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste