Artesã de 84 anos dá nova vida às bonecas de pano em Loulé

A dona Filipa de Sousa começou a fazer artesanato há mais de 30 anos. As suas bonecas de trapo são feitas à mão e contam parte da cultura local

Chama-se Filipa Faísca de Sousa, é natural de Querença, e distingue-se pela criação de bonecos de pano inspirados nas tradições do interior algarvio. Esta carismática artesã de 84 anos de idade, que encanta a geração mais nova, vai ensinar tudo o que sabe num curso promovido pelo projeto Loulé Criativo

Promover e recuperar artes e ofícios quase esquecidos do mundo rural algarvio é um dos grandes objetivos do projeto Loulé Criativo. A próxima iniciativa vai ter lugar, entre 9 de março e 13 de abril, com a realização de um curso de bonecas de pano, orientado por Filipa Faísca de Sousa.

Esta artesã do concelho de Loulé nasceu no sítio do Borno, em Querença, a 22 de maio de 1934. Em tenra idade começou a interessar-se por cantigas, contos, orações e lengalengas da cultura popular que ouvia de sua mãe ou que aprendia no seu dia a dia.

Cada boneca retrata ao pormenor um ofício, uma tradição ou mesmo um costume do interior

Nos anos 80, começou a fazer artesanato, nomeadamente a confecionar bonecas de trapo que contam parte da cultura local, falam das gentes e da vida no campo. “Ao longo dos anos, muitos têm sido os admiradores da arte da dona Filipa de Sousa, tão bem representada pelas suas bonecas feitas à mão e vendidas em mercados ou lojas de artesanato no concelho de Loulé”, realça a autarquia.

Cada boneca de Filipa retrata ao pormenor um ofício, uma tradição ou mesmo um costume do interior. A coleção foi adquirida no ano passado pela autarquia, com o intuito de “dar a conhecer o minucioso trabalho desta senhora, sábia conhecedora das tradições e cultura da serra de Loulé”…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 21 DE FEVEREIRO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

Advertisements
Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste