Artesanato e Design fundem-se em São Brás de Alportel

Iniciativa inclui Residência Criativa e Exposição


O antigo lagar de São Brás de Alportel vai acolher de 17 a 19 de junho entre 10 a 15 designers, criativos e artesãos que vão refletir e trabalhar as peças e técnicas do artesanato regional. Os responsáveis esperam que deste encontro possam sair propostas inovadoras e úteis que possam contribuir para o enriquecimento social, cultural e económico algarvio

A Associação de Designers do Sul (ADS) e a Câmara Municipal de São Brás de Alportel conceberam o projeto “Design & Ofícios” que vai juntar jovens designers e artesãos algarvios que vão procurar rejuvenescer o artesanato regional.
“Promover o conhecimento e a preservação das artes e dos ofícios tradicionais e sobretudo, aproximar gerações” é o objetivo central desta iniciativa que já está em curso com a abertura da fase de inscrições de designers e criativos. Para o efeito a ADS vai disponibilizar as fichas de inscrição e informações adicionais no seguinte endereço: www.adesignersul.org.
“Atrevam-se a passar um fim de semana diferente” desafiou a vereadora Marlene Guerreiro durante a sessão de apresentação do projeto. As candidaturas vão ser analisadas e a organização vai escolher o “plantel” que irá participar na oficina criativa que vai decorrer entre 17 e 18 de junho no antigo lagar de São Brás de Alportel, atual carpintaria do município.
Os trabalhos desta iniciativa vão poder ser conhecidos através de uma exposição que irá decorrer entre 22 de julho e 31 de agosto no Centro de Artes e Ofícios de São Brás de Alportel. Uma iniciativa que será devidamente divulgada durante a Feira da Serra com o intuito de instigar os visitantes a prolongar a visita a São Brás de Alportel e irem conhecer esta exposição que será instalada na zona histórica da vila.

Experimentar é palavra de ordem

A organização sublinha que este projeto pretende criar uma ponte entre o passado e o futuro, entre a tradição e a inovação e unir as áreas do design e do artesanato tradicional regional.
Os participantes vão conviver e analisar todas as etapas de construção utilizadas na confeção dos objetos e artigos de artesanato regional desenvolvidos pelos artesãos. Posteriormente, irão (…)

[Peça publicada na íntegra na edição papel do Jornal do Algarve de 12 de maio de 2011] JA/SCS

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste