CULTURA

Associação quarteirense empodera as comunidades através da costura

Associação quarteirense empodera as comunidades através da costura
A Associação Juvenil “Akredita em Ti” assina o projeto “Afro Gypsy Costura”, que tem como objetivo contribuir para a transformação da realidade socioeconómica da comunidade cigana e africana em bairros sociais de Quarteira, Abelheira e Amendoeira, através da costura, comunicou a associação.

Esta iniciativa procura empoderar as comunidades, sobretudo mulheres, através da capacitação profissional no âmbito da costura e do incentivo à autonomia dos/as moradores/as, visando ainda fortalecer os laços comunitários e promover a sustentabilidade ambiental.

O projeto visa a transmissão de conhecimentos técnicos de costura, mas também de artesanato, gestão, marketing e publicidade, assim como a contribuição para a independência profissional, transformando-se numa estratégia para atingir uma melhoria da autoestima deste público vulnerável, composto por 84 agregados, 293 pessoas, dos quais 29% de etnia cigana, 28% afrodescendentes e imigrantes. O objetivo passa ainda por combater o alto índice de desemprego e a precaridade laboral, fruto da baixa escolaridade destas comunidades.

A Associação “Akredita em Ti” candidatou-se, com o projeto “Afro Gypsy Costura”, ao Programa Bairros Saudáveis, um programa público, de natureza participativa, para melhoria das condições de saúde, bem estar e qualidade de vida em territórios mais frágeis.

A Associação Juvenil Akredita em Ti tem como entidades parceiras a Câmara Municipal de Loulé, Agrupamento de Escolas Dra. Laura Ayres, Junta de Freguesia de Quarteira, Associação MÔÇES e Grupo de Mulheres do Bairro da Abelheira e da Amendoeira.

A aprovação do financiamento deste projeto garante a realização de diversas atividades promovidas pela Associação Juvenil “Akredita em ti” que irão dar uma nova vida a estes bairros em Quarteira.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste