Ativistas juntam-se em Odeceixe para dizer “não” ao petróleo

.
.

Cerca de 400 ativistas locais e internacionais são esperados em Odeceixe, concelho de Aljezur, no próximo dia 12 de agosto, às 16h30, para protestar contra a exploração de petróleo na costa algarvia.

Os manifestantes querem juntar-se na praia desta localidade para formar uma imagem aérea, utilizando os seus corpos para desenhar uma enorme mensagem na praia.

“Esta ação surge em nome da proteção da costa portuguesa face à ameaça de prospeção e exploração de petróleo e gás, e em nome do fim das monoculturas de eucaliptos que alimentam os fogos florestais”, adiantam os promotores da iniciativa.

A ação será apoiada por vários grupos ambientalistas, entre os quais a ASMAA – Associação de Surf e Atividades Marítimas, o ALA – Alentejo Litoral pelo Ambiente, o Climáximo e os municípios de Aljezur e Odemira, no âmbito do encontro internacional “Defender o Sagrado: Imaginar uma Alternativa Global”.

Laurinda Seabra, líder da associação ASMAA, alerta que “existem provas que demonstram que depois das eleições em outubro, nos espera um aumento da pressão para a exploração de combustíveis fósseis em Portugal”.

“No dia 12 de julho, a Ministra do Mar ignorou as 42.000 objeções à exploração de petróleo, como se estas nunca tivessem existido – um indicador do que o futuro nos reserva”, refere Laurinda Seabra.

JA

pub

 

 

 

Tamanho da Fonte
Contraste