COVID-19

Autarquia de Silves obrigada a cancelar Feira de Todos os Santos

A Câmara Municipal de Silves, que pretendia realizar a Feira de Todos os Santos, entre os dias 29 de outubro e 1 de novembro, apesar da AMAL ter decidido suspender todos os eventos deste género, foi obrigada a cancelar o certame devido à declaração do Estado de Calamidade pelo Governo, anunciou a autarquia.

“Era firme intenção do município de Silves proceder à realização de tão importante certame, atendendo não apenas ao seu longo historial, mas, sobretudo, devido à necessidade de promover a retoma económica e a normalização da vida em sociedade, dando combate efetivo ao medo e à resignação”, revela a Câmara Municipal em comunicado.

Os preparativos para a realização da Feira de Todos os Santos já decorriam, tal como o plano de contingência elaborado para o evento, com as regras e recomendações da Direção-Geral de Saúde.

No entanto, “o agravamento das restrições recentemente decretadas pelo Governo, e que vão incidir em dias de realização do evento, tornou o mesmo inexequível”, segundo o comunicado.

A Câmara Municipal de Silves, admite ainda que “por outro lado, devido ao acentuado aumento do número de casos por doença covid-19, e consequente evolução dos respetivos níveis e risco de propagação do novo coronavírus (SARS-CoV-2), deve prevalecer a defesa da saúde pública da população”.

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: