POLÍTICA ÚLTIMAS

BE quer reforçar número de deputados eleitos pelos algarvios

O Bloco de Esquerda (BE) apresentou oficialmente os seus candidatos às próximas eleições legislativas através do círculo eleitoral do Algarve. Atualmente a exercer o cargo de deputada, Cecília Honório volta a encabeçar a lista.

A lista de efetivos é composta pelo professor e líder do BE Algarve, João Vasconcelos, João Brandão, professor universitário aposentado, Eugénia Taveira, professora, Sebastião Pernes, guia de natureza, Isabel Paes, psicóloga, Augusto Fonseca, maquinista técnico, José Manuel do Carmo, professor universitário, e Manuela Goes, professora.
Ajudar o Algarve a ultrapassar a crise económica e social que atravessa através de propostas concretas e específicas para a região e através de propostas de âmbito nacional são os objetivos a que candidatos se propõem. Para tal, esperam conseguir reunir votos suficientes na região para reeleger Cecília Honório e eleger João Vasconcelos.

“O Algarve precisa redefinir o contrato com o poder central”, disse Cecília Honório que considera incoerente que a região continue a apresentar bons resultados e boas contribuições ao Estado por via do turismo e que, ao mesmo tempo, se confronte com percentagens de desemprego e de precariedade tão elevadas.

Durante a apresentação dos candidatos foi distribuído um manifesto com as linhas mestras do programa que está a ser preparado. O BE garante que vai continuar a trabalhar em prol da região apontando como estratégias a luta contra os despedimentos, a precariedade e a exclusão social, batalhar por um plano de emergência para a criação de emprego na região e pelo trabalho com direitos. A requalificação dos serviços públicos e a salvaguarda da Escola Pública e do Serviço Nacional de Saúde também estão no manifesto onde se inclui a defesa da regionalização. O BE defende ainda a recuperação das pescas, da agricultura e demais tecido produtivo regional.

A este nível será de esperar que o programa do BE volte a propor o Banco Público de Terras.

Na área da mobilidade os temas destacados são a recusa das portagens na Via do Infante e a necessidade de requalificar e eletrificar a via-férrea algarvia.

O BE já marcou um comício para o dia 24 de maio que irá decorrer na capital algarvia, mais concretamente na delegação regional do Instituto Português da Juventude, a partir das 21h30.

JA/SCS
PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste