Bezaranha
CULTURA

Bezaranha vai trazer 15 dias de “grandes ventos de cultura” à região

Nos próximos 15 dias, os “Ventos que vêm por bem”, trazidos pelo BEZARANHA, vão animar o Algarve. A programação é diversificada para agradar a diferentes públicos e estende-se a vários concelhos, promovendo a itinerância e apoiando os artistas locais.

Quem tiver interesse em conhecer melhor o território e o património cultural algarvio encontra na agenda do BEZARANHA várias opções para enriquecer os seus dias. Desde concertos de música erudita em Olhão a eventos que juntam música e poesia em Tavira, passando por iniciativas incomuns, que aliam poesia e circuitos pedestres em Albufeira. Em Vila Real de Santo António, numa oficina de renovação criativa, vai ser possível reciclar peças de roupa usada e em Silves quem gosta de arte urbana pode assistir à pintura de um mural, embalado por uma harpa. Artes de rua, teatro e performances vão estar presentes em Portimão.

A programação em rede, que junta cerca de 200 eventos e iniciativas e que promete chegar a todos os concelhos algarvios, vai, nas próximas semanas, proporcionar novas experiências em distintas áreas, algumas em meio urbano, outras em contacto com a natureza. São disso exemplo as instalações artísticas que Loulé vai acolher ou os passeios pedestres em Vila Real de Santo António, em que os participantes são desafiados a procurar animais de maré baixa, explorando recantos e esconderijos, ou ainda as visitas guiadas pela arte urbana em Lagos.

Alguns dos eventos previstos são presenciais, embora tanto possam acontecer numa sala de espetáculo como no largo de uma igreja, mas outros permanecem online, atendendo ao contexto pandémico. É o caso do concerto do DJ Lord Vegan, que vai ser transmitido nas páginas de Facebook do Município de Olhão e do BEZARANHA.


Pode acompanhar este vendaval em www.bezaranha.pt e na página do FB do projeto e ficar a par de tudo o que está a acontecer.

O projeto Algarve – Programação Cultural em Rede resulta de uma candidatura que a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve submeteu, no âmbito do Programa Operacional Regional do Algarve (CRESC Algarve 2020), aprovada a 30 de dezembro de 2020. O investimento total do projeto é de 800 mil euros, financiado pelo PO CRESC ALGARVE 2020 e pelo FEDER- Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste