Britânica condenada à morte esperava pena de 15 anos

.

Os advogados da britânica Lindsay June Sandiford, de 56 anos, condenada à pena de morte por traficar drogas para a ilha indonésia de Bali, mostraram-se surpreendidos pela decisão do tribunal, proferida esta terça-feira. Segundo o jornal australiano Sydney Morning Herald, a Defesa esperava uma sentença de no máximo 15 anos de prisão para a ré, que ajudou a polícia a prender outras pessoas envolvidas no esquema e apresentou bom comportamento na prisão.

A britânica foi detida no dia 19 de maio do ano passado, quando foi apanhada em flagrante pelas autoridades indonésias a embarcar no país com quase cinco quilos de cocaína, nos fundos falsos de um casaco. Na ocasião, Lindsay aceitou levar a polícia até a residência do também britânico Julian Ponder, que teria encomendado a droga. Lindsay alegou que apenas aceitou transportar a cocaína porque Ponder ameaçou matar o seu filho.

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste