Burlão gasta 100 mil euros em férias de luxo no Algarve

 

Um homem de nacionalidade portuguesa foi detido ontem pela prática de crimes de burla informática agravada e de falsidade informática.

“Há suspeitas de o detido, de nacionalidade portuguesa, ter obtido ilegitimamente diversos elementos de cartões de crédito alheios e tê-los utilizado durante o verão num hotel de luxo de Vilamoura, em transações bancárias no valor de mais de 100 mil euros”, adianta o Ministério Público num comunicado enviado à nossa redação.

Ainda segundo o MP, o detido será apresentado esta terça-feira no juízo de instrução criminal de Faro, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

O inquérito é dirigido pelo MP da 2ª secção de Faro do DIAP, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

NC|JA

Advertisements
Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste