Burocracia impede “contratação urgente” de profissionais de saúde

.

Os 18 profissionais de saúde que saíram nos últimos meses do Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul continuam sem ser substituídos devido a questões burocráticas. A situação é grave, denuncia a Ordem dos Médicos, alertando para a “ameaça de encerramento” que paira sobre o único centro público de fisioterapia no Algarve. Também o PCP e o BE questionaram na semana passada o Governo sobre o futuro desta unidade de referência. Apesar dos problemas atuais, os dois partidos defendem que a gestão do centro deve continuar na esfera pública…

(Notícia completa na última edição do JA – dia 18 de dezembro)

NC/JA

Deixe um comentário

- Publicidade-PUB aguas do algarve

Leia Também

+ Populares

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

- Publicidade -PUB tavira

1 COMENTÁRIO

  1. A questão burocratica só existe quando os engenheiros e doutores lhes interessam que assim seja,seja na saude ou em qualquer outro lugar no estado.Se estivessem 20 para entrar amigos ou familiares dos directores,engenheiros ou doutores do estado já tinham entrado á mais de 6 meses e com o dobro do ordenado normal!O país está podre,corrupção está aos montes,nunca se viu nada assim como se vê hoje desde os ultimos 1000 anos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste