ALGARVE ÚLTIMAS

Câmara de Aljezur promete mais habitação municipal em 2019

O afastamento de José Amarelinho da presidência da Câmara de Aljezur, em março deste ano, ditou o atraso de vários projetos e obras que estavam previstas no concelho. Agora, o presidente José Gonçalves quer correr atrás do prejuízo e já definiu as prioridades para o próximo ano. Um dos desafios anunciados pelo autarca é o início de um programa municipal de habitação

O orçamento da Câmara de Aljezur para o próximo ano encontra-se nos 11,2 milhões de euros, menos 3,5% em relação a 2018. O presidente da autarquia, José Gonçalves, que em março deste ano substituiu José Amarelinho, na sequência de um longo processo judicial relacionado com o licenciamento de obras em Vale da Telha, frisa que este primeiro ano do mandato “foi um ano com uma conjuntura complexa, com a alteração da presidência, que nos remeteu para uma situação de algumas alterações e atrasos, em relação a ações e obras previstas”. Contudo, salienta o autarca, “entendemos que se continuou a trabalhar e a responder positivamente aos desafios”.

Um dos grandes desafios assumidos pela autarquia de Aljezur para 2019 é a habitação. “Vamos iniciar um trabalho que leve à construção de mais habitação municipal”, revela o presidente José Gonçalves

Um dos grandes desafios do executivo municipal para 2019 será a habitação. “Vamos iniciar todo um trabalho que leve à construção de mais habitação municipal, por um lado, e melhor gestão da mesma, por outro”, revela o presidente da autarquia, adiantando que no próximo ano “serão iniciadas várias ações no âmbito do estabelecimento de parcerias, acordos e financiamentos nesse sentido”.

“Daremos início a um programa municipal de habitação, onde iremos promover alterações a loteamentos já existentes, assim como iniciar outros, nomeadamente em Rogil e Aljezur”, sublinha…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 22 DE NOVEMBRO)

NC|JA

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste