COVID-19

Câmara de Tavira retoma atendimento presencial com balcão único

[mobileonly] [/mobileonly]

A Câmara Municipal de Tavira retomou esta semana o atendimento presencial no edifício dos Paços do Concelho com a entrada em funcionamento de um balcão único entre as 09:00 e as 13:00, após a interrupção do atendimento devido à pandemia de COVID-19, anunciou a autarquia. 

O balcão único funciona no piso térreo do edifício da Câmara Municipal e vai incluir, inicialmente, os serviços da secção de obras municipais, taxas e licenças e da tesouraria, que podem vir a ser alargados “posteriormente e noutro contexto”, juntamente com o horário, segundo o comunicado. 

“A Administração Local deve pautar a sua atuação tendo por base princípios que aproximem os serviços prestados das reais necessidades dos cidadãos. A solução preconizada permite salvaguardar as condições de higiene e segurança atualmente exigidas e visa potenciar a gestão do atendimento municipal, que garanta aos cidadãos-utentes um serviço eficiente que melhor satisfaça as suas expectativas, num ambiente agradável e num espaço moderno e atrativo”, justificou a mesma fonte. 

A autarquia apela à população que apenas recorra ao balcão único em caso de necessidade, aconselhando os munícipes, na “atual situação de pandemia”, a “privilegiar o contacto telefónico e o uso de correio eletrónico”.  

A retoma do atendimento presencial na sede do município é feita no âmbito das medidas de desconfinamento que têm estado a ser implementadas nas duas últimas semanas e que, em Tavira, já tinham levado à reabertura dos equipamentos culturais municipais na semana passada. 

Entre os equipamentos culturais abertos estão a Biblioteca Municipal Álvaro de Campos e Arquivo ou o Museu Municipal de Tavira. 

A abertura destes espaços foi feita “de acordo com as medidas de prevenção e controlo da infeção da COVID-19 indicadas pela equipa municipal de segurança e higiene no trabalho e pelas autoridades competentes, entre as quais a Direção-Geral da Saúde”, garantiu o município, sublinhando a obrigatoriedade de uso de máscara nesses espaços. 

“Apesar da reabertura destes equipamentos, a autarquia mantém suspensas todas as atividades e eventos de cariz cultural e de ação educativa nos edifícios”, salientou a autarquia. 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste