Câmara vai criar fundo para requalificar zona pombalina

A requalificação da zona pombalina do centro histórico de Vila Real de Santo António em zona turística a céu aberto é o objetivo do fundo municipal que a Câmara vai criar até final do ano, revelou o presidente.

O autarca de Vila Real de Santo António, Luís Gomes, disse à Lusa que o fundo será “constituído através de uma parceria público-privada e deverá disponibilizar uma verba entre os 30 e 50 milhões de euros” para “requalificar casas antigas e dotar de capacidade de alojamento” o centro histórico da cidade, mandada construir pelo Marquês de Pombal após o terramoto de 1755.

“A ideia é reabilitar os edifícios e promover a sua utilização turística e hoteleira”, afirmou o presidente da câmara, Luís Gomes, acrescentando que essa reabilitação “será feita através do lançamento de um fundo municipal para toda a requalificação do Centro Histórico de Vila Real de Santo António”.

Luís Gomes precisou que “o fundo que será aberto aos privados, para fazerem uma parceria com a câmara municipal para requalificação de todo o centro histórico”, que ainda mantém o traçado pombalino original desde 1776, ano da fundação da cidade.

O autarca frisou que este projeto é diferente do realizado anteriormente pela Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU), Empresa Municipal, ao abrigo do programa REALCE, que “apenas previa a reabilitação das fachadas e cobertura dos edifícios”.

“Este novo programa prevê intervenções nos edifícios para serem reconvertidos para utilizações hoteleiras”, diferenciou Luís Gomes.

O autarca frisou que a requalificação permitirá criar em Vila Real de Santo António um núcleo “Turismo a céu aberto”, complementar a outros projetos previstos para o concelho, como a requalificação da Ponta da Areia ou a reabilitação da marginal de Monte Gordo.

“Com esta requalificação queremos dotar o Centro Histórico de capacidade de alojamento para, em conjunto com os inúmeros cafés, restaurantes e lojas já existentes no centro histórico pombalino, criarmos uma zona de Turismo a céu aberto”, explicou ainda o autarca social democrata.

MHC.

***Ao abrigo do Acordo Ortográfico***

JA/Lusa

Advertisements

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar
Tamanho da Fonte
Contraste