ALGARVE MUNDO PAÍS & MUNDO

Caso Maddie: PJ confirma que novo suspeito vivia em Portugal em 2007

Ocean Club, na Praia da Luz, local onde desapareceu Maddie em 2007
[mobileonly] [/mobileonly]

A Polícia Judiciária (PJ) confirmou esta noite que, no âmbito da investigação ao desaparecimento de Maddie MacCain, ocorrido na Praia da Luz em 2007, continuam a ser desenvolvidas diligências e que o novo suspeito do caso, um alegado predador sexual de nacionalidade alemã, residia em Portugal na altura do caso.

A PJ sublinha que trabalha em estreita articulação com as Autoridades Alemãs (BKA) e Inglesas (Metropolitan Police) na partilha de informação, na realização de atos formais de investigação e de perícias, em Portugal e no estrangeiro.

Nesse quadro, confirma, “foram recolhidos elementos que indiciam a eventual intervenção, no desaparecimento da criança, de um cidadão alemão”.

O suspeito em questão, de 43 anos de idade, com antecedentes criminais, residiu em Portugal entre 1996 e 2007 e está atualmente a cumprir pena de prisão na Alemanha.

A família da criança desaparecida foi informada destes desenvolvimentos investigatórios, pelas Autoridades Inglesas.

A PJ conclui que a investigação prossegue.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste