CULTURA ÚLTIMAS

Castro Marim: 5 mil quilómetros de caminhadas e peregrinações em exposição

Dinis Faísca, Filomena Sintra, Valter Matias e José Júlio Brito
[mobileonly] [/mobileonly]
Dinis Faísca, Filomena Sintra, Valter Matias e José Júlio Brito
Dinis Faísca, Filomena Sintra, Valter Matias e José Júlio Brito

.

A nova exposição da Casa do Sal, em Castro Marim, “Travessias e Peregrinações com o Peregrino Algarvio”, foi inaugurada na passada sexta-feira.

Construída em torno da história da peregrinação, esta mostra traz-nos ainda a história particular de José Júlio Brito, conhecido como Peregrino Algarvio pelas longas travessias e peregrinações a pé pela Península Ibérica, e assinala a integração da Grande Rota do Guadiana (GR15) nos Caminhos de Santiago.

A exposição foi apresentada pela vice-presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Filomena Sintra, e pelo Peregrino Algarvio, contando ainda com as presenças do diretor da Associação Odiana, Valter Matias, entidade responsável pela candidatura que contempla a integração da GR15 nos Caminhos de Santiago, e pelo chefe da Gabinete da Câmara Municipal, Dinis Faísca, também ele um peregrino.

Na sua intervenção, o Peregrino Algarvio manifestou a vontade de colocar num livro os seus diários de peregrinação, onde escreve todas as histórias vividas ao longo dos cerca de 5 mil quilómetros que já percorreu.

“Travessias e Peregrinações com o Peregrino Algarvio” é também um convite à autodescoberta e ao encontro connosco mesmos, sugerindo a peregrinação como um dos caminhos possíveis. O Peregrino Algarvio lançou ainda o repto aos presentes: uma peregrinação a Fátima, pela altura do Centenário, conduzida pelo próprio.

Pode visitar esta exposição na Casa do Sal, aberta todos os dias, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, até ao dia 10 de janeiro de 2017.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: