ALGARVE ÚLTIMAS

Castro Marim: Homem de 37 anos acusado de homicídio qualificado

Carlos Corriente tinha 64 anos e foi assassinado em casa, em Rio Seco, Castro Marim
[mobileonly] [/mobileonly]
Carlos Corriente tinha 64 anos e foi assassinado em casa, no Rio Seco, Castro Marim

.

O homem de 37 anos que está detido desde o passado dia 4 de abril suspeito de ter matado o empresário Carlos Corriente, no Rio Seco, Castro Marim, foi acusado para julgamento por tribunal coletivo pela prática de homicídio qualificado, anunciou hoje o Ministério Público do DIAP de Faro (secção de Vila Real de Santo António).

Segundo a acusação, “o arguido e o ofendido tinham vivido quatro anos juntos em casa deste, na área de Castro Marim. A partir de 2016 passaram a encontrar-se apenas ocasionalmente. Na madrugada de 26 de março, depois de passarem juntos algumas horas em casa da vítima, durante uma discussão, o arguido desferiu uma pancada com um taco de basebol na cabeça da vítima, matando-a”.

O inquérito foi dirigido pelo MP do DIAP de Faro (secção de Vila Real de Santo António) com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

A vítima, Carlos Corriente, de 64 anos, era primo de Paco de Lucia e foi o grande impulsionador do concerto que o guitarrista deu em Castro Marim, em agosto de 2005.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste