CULTURA

Castro Marim relança “O Livro Roubado” para assinalar Dia do Livro

Pilha de livros
Dia Mundial do Livro

Para assinalar o Dia Mundial do Livro, que se celebra na sexta-feira dia 23 de abril, a Câmara Municipal de Castro Marim apresenta o relançamento da iniciativa “O Livro Roubado”, uma missão que nasceu em 2017 para promover a leitura e a aproximação do público à Biblioteca Municipal.

Segundo a autarquia, em comunicado, a iniciativa aproveita também o mote do desconfinamento: “Os livros voltam a sair à rua nas pequenas réplicas do majestoso edifício da Biblioteca Municipal de Castro Marim, distribuídas pelos principais pontos do concelho”.

“Novas histórias e novos sentidos, a ideia é que os interessados possam levar um livro, sem data de devolução marcada, mas que deixe outro no lugar, com uma dedicatória destinada a quem o for “roubar”, procurando dinamizar a comunicação e o relacionamento entre a comunidade e entre a comunidade e os livros”, diz o município.

Paralelamente à Bibliomóvel, que tem levado livros e música do fundo documental da Biblioteca Municipal a quem vive mais isolado, esta iniciativa também pretende conquistar novos leitores e inverter o seu funcionamento habitual da biblioteca, de fora para dentro.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste