POLÍTICA

Catarina Marques (CDU) esteve em ação de pré-campanha na CIMPOR

Catarina Marques (CDU) esteve em ação de pré-campanha na CIMPOR
Numa jornada da CDU no concelho de Loulé, marcada pela ida aos mercados de Quarteira e a vários bairros desta cidade, Catarina Marques terminou a sua ação de campanha eleitoral, esta quarta-feira, em contacto com os trabalhadores da unidade industrial da CIMPOR localizada neste concelho, anunciou a coligação eleitoral.

A fábrica da CIMPOR em Loulé emprega direta e indiretamente quase 200 trabalhadores, o seu impacto no concelho de Loulé e na região é no entanto mais vasto. Como referiu a primeira candidata da CDU, “aqui produz-se cimento que é uma matéria-prima fundamental para construir edifícios, vias de comunicação ou equipamentos que são fundamentais para o desenvolvimento do país”.

“No entanto, o futuro daquela que é uma das poucas unidades produtivas que ainda restam na região do Algarve é incerto. O processo de privatização e de desvalorização daquele que foi outrora o principal grupo industrial português começou pelas mãos de um Governo PSD em 1994 e foi desenvolvido posteriormente por sucessivos governos quer do PS, quer do PSD. Atualmente a CIMPOR é detida maioritariamente pelo fundo de pensões das forças armadas da Turquia”, enuncia a CDU.

Para a CDU, a defesa do futuro desta unidade industrial no Algarve é inseparável de uma política que aposte na diversificação da atividade económica e na promoção do aparelho produtivo.

“Produzir cimento e outros derivados no nosso País, significa não ficar dependente do estrangeiro num bem que é essencial. Mas é fundamental desenvolver a modernização tecnológica desta e de outras fábricas, respeitando novas exigências ambientais e, simultaneamente, assegurando os direitos dos trabalhadores desta unidade industrial, valorizando salários, carreiras e profissões, combatendo a precariedade, dinamizando a contratação coletiva”, afirma.

“A presença da CDU junto dos trabalhadores da fábrica da CIMPOR é uma forma de assinalar a importância que damos à produção e à soberania nacional, aos direitos de quem cria riqueza e faz avançar o País”, conclui.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste