POLÍTICA ÚLTIMAS

CDS questiona Governo sobre falta de acesso do Centro de Saúde de Bordeira à base de dados do SNS

.
.

A deputada do CDS-PP Teresa Caeiro, eleita pelo Algarve, questionou o ministro da Saúde sobre qual o motivo por que não existe ligação informática entre o Centro de Saúde de Bordeira, concelho de Faro, e o Serviço Nacional de Saúde.

Na mesma pergunta, a deputada questiona a tutela sobre o motivo pelo qual os cerca de 600 utentes da localidade de Bordeira são transferidos para Santa Bárbara de Nexe, sem que lhes seja facultado um meio de transporte para o efeito, e, ainda, quando é que o ministro prevê que esta situação esteja regularizada e que os utentes de Bordeira possam ser atendidos no seu Centro de Saúde, pela sua médica de família, que lá está sem poder atender os seus utentes.

O Centro de Saúde de Bordeira, na freguesia de Santa Bárbara de Nexe, está, desde outubro 2015, e por falta de ligação informática, sem acesso à base de dados do Serviço Nacional de Saúde.

Por este motivo, os cerca de 600 utentes deste Centro de Saúde são reencaminhados para o Centro de Saúde mais próximo, que dista seis quilómetros da localidade de Bordeira. De referir que esta é uma população maioritariamente envelhecida, de baixos recursos económicos e que não existem transportes públicos entre uma localidade e outra, obrigando os utentes a deslocarem-se a pé ou de boleia.

O Grupo Parlamentar do CDS-PP entende que os Cuidados de Saúde Primários “são a ‘porta de entrada’ para o Serviço Nacional de Saúde” e também que “há a necessidade de o atual Governo continuar o processo de reforço, iniciado na anterior Legislatura, nestes cuidados de saúde”.

“Estes, deverão assegurar a necessária proximidade junto das populações e proporcionar os atos inerentes às suas características, com qualidade e em tempo clínica e socialmente adequado”, defende o CDS.

.

.

.

.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste