Centro Hospitalar do Algarve recebeu 182 novos médicos internos

O Centro Hospitalar Universitário do Algarve integrou hoje 182 médicos para desenvolver o seu internato na Formação Geral e efetuar a sua especialidade, no âmbito da Formação Especializada.

Na cerimónia de boas vindas, que decorreu esta quarta-feira, 5 de janeiro, em Faro e em Portimão, estiveram presentes os 134 internos da Formação Geral e os 48 médicos da Formação Especializada.

Os membros do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve, representados pela Presidente Ana Varges Gomes e pelo Diretor Clinico Horácio Guerreiro, fizeram questão de receber pessoalmente os novos internos e salientaram a importância deste momento para a formação médica do Algarve e em particular do CHUA.

Na sua mensagem dirigida aos internos, a Presidente do Conselho de Administração, Ana Varges Gomes, falou sobre a importante missão dos médicos em prol da saúde dos doentes, aproveitando para lançar o desafio aos novos internos para serem exigentes e continuarem a dar o seu melhor. “Desafiem quem está convosco, desafiem o sistema, sejam a mudança que querem ver no SNS. Façam o melhor possível, sejam almas inquietas”, frisou.

Horácio Guerreiro, Diretor Clínico, aproveitou a sessão para evidenciar as “oportunidades de trabalhar num centro hospitalar em crescimento, como é o caso do CHUA”, onde os novos internos podem fazer a diferença e diferenciar-se tecnicamente, com a integração nas equipas através do ensino tutelado, bem como na importante ligação ao mundo universitário e da investigação. Numa alusão à profissão, o clínico falou ainda da importância das qualidades humanas exigidas aos médicos, bem como dos novos paradigmas da medicina moderna, referindo-se à medicina de precisão e às tecnologias de ponta.   

Também o Presidente da Administração Regional de Saúde do Algarve, Paulo Morgado, marcou presença na sessão em Faro, onde destacou a importância das novas competências dos médicos, sublinhando como essenciais a interação e a comunicação médico-doente, onde ambos têm que ser parceiros no processo de tratamento.  

- Publicidade -

Estiveram ainda presentes a Diretora do Internato Médico, Ana Camacho, tendo sido acompanhada pelos respetivos adjuntos: em Faro, Ana Paula Fidalgo e, em Portimão, Nuno Vieira. Em representação da Ordem dos Médicos estiveram, em Faro, Catarina Mendonça e, em Portimão, Inês Simões.

No âmbito da Formação Especializada os médicos internos foram colocados nas unidades de Faro e Portimão nas seguintes especialidades: Anestesiologia (2), Cardiologia (1), Cirurgia Geral (3), Doenças Infeciosas (1), Gastrenterologia (2), Ginecologia/Obstetrícia (3), Medicina Física e Reabilitação (5), Medicina Intensiva (3), Medicina Interna (10), Nefrologia (1), Neurologia (1), Oncologia Médica (2); Patologia Clínica (2), Pediatria (3), Pneumologia (1), Psiquiatria (6), Radiologia (2).

No que respeita à Formação Geral, por forma a aprofundar os seus conhecimentos em diversos contextos clínicos, os internos vão desenvolver a sua formação, de forma tutelada, em diferentes especialidades e serviços nas unidades hospitalares de Faro e Portimão e ainda nos Centros de Saúde da região.

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_img

+ Populares

- Publicidade -festa-da-espiga

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste