ALGARVE

CFC quer comissão de estudo sobre aumento das rendas da Câmara de Faro

O Grupo Municipal Com Faro no Coração (CFC) pediu hoje uma sessão extraordinária ao presidente da Assembleia Municipal de Faro que se deverá debruçar sobre a questão do aumento das rendas aos inquilinos da autarquia.

Os CFC querem propor a criação de uma comissão para análise e aprovação de uma recomendação à Câmara para suspender os aumentos. Em comunicado os CFC defendem que as rendas não deverão ser alteradas ate que o relatório recomendado esteja concluído e votado.

Preocupados com o impacto que estes aumentos vão ter nas famílias afetadas, os CFC defendem que os ajustamentos das rendas “devem ser feitos com equilíbrio”.

“O CFC formalizou assim a proposta que já tornara pública na semana passada, tendo ainda em curso outras iniciativas”, lê-se no comunicado enviado à comunicação social.

A proposta aponta um período máximo de 60 dias para que a comissão realize o relatório após análise da documentação relacionada existente na autarquia e reuniões com os representantes dos inquilinos e outras entidades com competências na matéria em causa.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste