Cidadãos protestam contra projeto imobiliário no litoral de Portimão

Praia João Arens - Portimão
Praia João Arens – Portimão

O projeto que prevê a construção de três hotéis – com um total de 822 camas – no litoral do concelho de Portimão, entre as praias da Prainha e do Vau, está a gerar a revolta de um grupo de cidadãos, que vão protestar, no próximo sábado, contra a ameaça de destruição da “última janela verde para o mar da cidade de Portimão”

Um grupo de cidadãos está contra um projeto imobiliário previsto para a zona de João de Arens, no litoral de Portimão. Este projeto, conhecido como “Loteamento da UP3 de Hotelaria Tradicional de Portimão”, está em consulta pública até ao dia 15 de março. A operação urbanística prevê a construção de três hotéis entre a praia da Prainha e a praia do Vau.

Perante este cenário, o grupo de cidadãos vai promover, no próximo sábado, dia 9 de março, uma ação de protesto pela preservação do João de Arens. A iniciativa vai começar pelas 9h00, com concentração na praia do Alemão, e vai prolongar-se até às 20h30, com um pequeno concerto com músicos da cidade.

“Perante a ameaça eminente de destruição da última janela verde para o mar da cidade de Portimão, este grupo pretende ser um espaço de cidadania ativa pela preservação do nosso património ambiental e paisagístico, de modo a que as gerações vindouras possam ainda vir a desfrutar da natureza no seu estado mais puro”, realçam os responsáveis, que se juntaram com o objetivo de “impedir que este projeto seja licenciado”…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 7 DE MARÇO)

Nuno Couto|Jornal do Algarve

pub

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste