COVID-19

Cinco detidos na fronteira de Castro Marim com documentos falsos

[mobileonly] [/mobileonly]

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve na quarta-feira cinco pessoas com documentos falsos no âmbito do controlo de fronteiras terrestres no ponto de passagem de Castro Marim. 

Os cinco detidos têm nacionalidade estrangeira e estavam a tentar entrar em Portugal com documentos falsificados. 

Segundo o SEF, foi-lhes recusada a entrada em território português e foram entregues às autoridades espanholas. 

Desde março, apenas podem atravessar a fronteira terrestre com Espanha a cidadãos espanhóis, pessoas residentes naquele país, trabalhadores transfronteiriços, deslocações por força maior ou situação de necessidade, forças de segurança e transporte de mercadorias, devido à pandemia de COVID-19. 
 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: