Conduzir sem álcool vai dar prémios

O Autódromo Internacional do Algarve foi palco recentemente da assinatura de um protocolo de prevenção rodoviária. Um dos objetivos passa por premiar com entradas gratuitas no circuito de Portimão os automobilistas que apresentarem taxas zero de álcool no sangue e outros comportamentos exemplares.

O ministro da Administração Interna apelou no sábado aos condutores para que adotem comportamentos “seguros e evitem os de risco” durante o período de verão, no sentido de aumentar a segurança nas estradas e reduzir a “zero” a sinistralidade.

Rui Pereira, que se deslocou à região para presidir à cerimónia de assinatura de um protocolo no âmbito da prevenção da segurança rodoviária, celebrado entre o Governo Civil de Faro e o Autódromo Internacional do Algarve (AIA), disse que o objetivo é transformar as estradas em “locais amigáveis, sem mortos e sem feridos”, e recordou que “há cerca de 20 anos existia o que se chamava uma guerra civil nas estradas com um número elevado de mortos”.

“Fizemos um longo percurso onde decresceu esse número, mas queremos mais, ou seja, estradas sem mortos e sem feridos”, sublinhou.

Para o ministro da Administração Interna, a redução da sinistralidade começa “na educação das crianças”, e destacou a importância da educação desportiva do autódromo algarvio, porque, disse, revela “uma enorme preocupação pela educação desportiva e uma forte vertente de responsabilidade social”.

O protocolo prevê a realização de campanhas de sensibilização destinadas à prevenção da sinistralidade e promoção da segurança rodoviária, que serão concretizadas entre o AIA e o Governo Civil de Faro.

Uma das ações previstas, destina-se a premiar, com entradas para os eventos desportivos no autódromo, os condutores que nas operações policiais apresentem taxas zero de álcool no sangue, além de outros comportamentos considerados exemplares.

A importância de uma condução segura Durante a cerimónia, o ministro destacou ainda a importância da cultura de educação desportiva praticada pelo Autódromo do Algarve: “Ao assumirem este protocolo, os responsáveis do autódromo revelam uma enorme preocupação pela educação desportiva.

Além do caráter desportivo do autódromo, existe também uma forte vertente de responsabilidade social”, disse o governante.

Isilda Gomes, governadora civil de Faro, também destacou a importância da sensibilização rodoviária para a sociedade: “Esta ação conjunta e de parceria com a Parkalgar contribui para uma melhor consciencialização sobre a sinistralidade rodoviária”, frisou.

Para Paulo Pinheiro, administrador da Parkalgar, “o duplo papel do circuito é fundamental na educação para a sensibilização rodoviária, ao recebermos jovens alunos e explicarmos a importância de uma condução segura e de respeito pelos outros”.

JA

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste