ALGARVE

Correios de Vila Nova de Cacela reabrem na Junta de Freguesia

A Junta de Freguesia de Vila Nova de Cacela vai abrir um posto de Correios nas suas instalações, depois do encerramento dos serviços naquela localidade no início deste mês, anunciou a autarquia.

“Informamos a população de que, brevemente, irá reabrir o posto de Correios nas instalações da Junta de Freguesia de Vila Nova de Cacela”, revelou em comunicado.

Até à sua reabertura, os apartados estão disponíveis no posto de Correios de Altura, na sede da Junta de Freguesia, entre as 09:00 e as 13:00, “onde poderão recorrer a outros serviços” postais.

A empresa que tem prestado o serviço de correios em regime de outsourcing em Vila Nova de Cacela, a 24 Horas Serve, assumiu que o encerramento se deve à quebra do contrato com os CTT por parte daquela empresa, devido à sua insatisfação contratual.

“Sucede que uma parceria terá de salvaguardar ambos os parceiros e não apenas um deles. Assim, vimos informar a população e todos os clientes diretos e indiretos do PC de Vila Nova de Cacela que a parceria com os CTT – Correios de Portugal, SA., termina no dia 9 de outubro de 2020, data a partir da qual a 24 Horas Serve, Lda. deixará de prestar qualquer tipo de serviço relacionado com os CTT – Correios de Portugal, SA”, afirmou a 24 Horas Serve em comunicado.

O Bloco de Esquerda acusou, na altura do anúncio do encerramento, os CTT de se preparar para desferir “mais um golpe num serviço público essencial do Algarve” com o fecho do posto da Vila Nova de Cacela, concretizado a 9 de outubro.

“Será mais um golpe num serviço público essencial do Algarve e, mais concretamente no concelho e na freguesia do interior de Vila Real de Santo António, onde grande parte da população é idosa e será quem mais irá sofrer com tal medida absurda e inaceitável”, declarou o grupo parlamentar bloquista em comunicado.

Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: