ALGARVE

Covid-19: Câmara de Faro cria salas de isolamento

A Câmara Municipal de Faro implementou hoje um Plano de Contingência em relação à propagação do vírus covid-19, com a criação de salas de isolamento “em cada um dos espaços geridos pela autarquia”, anunciou o município.

Este Plano de Contingência, que respeita as diretivas da Direção-Geral de Saúde (DGS) está dividido em três fases: Monitorização, Alerta e Recuperação.

Para a fase de Monitorização, foram criadas salas de isolamento “em cada um dos espaços geridos pela autarquia”, além de ter sido constituída uma equipa operativa de gestão do plano, liderada pelo presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau.

Relativamente aos serviços de atendimento ao público, será disponibilizado desinfetante para mãos e luvas e intensificada a limpeza dos locais com maior número de trabalhadores e utentes.

Para minimizar o risco de infeção do vírus covid-19, deve-se dar prioridade às comunicações telefónicas e eletrónicas, em vez de contactos cara-a-cara.

Para a fase de Alerta, o Plano de Contingência do município farense define todos os passos a adotar perante um caso suspeito e medidas de prevenção como o teletrabalho e recurso a meios de comunicação não presenciais.

Rogério Bacalhau convocou ainda uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil na quinta-feira, pelas 11:00, no Salão Nobre dos Paços do Município, em Faro.

Para o presidente da Câmara Municipal de Faro, o objetivo é  “garantir que, em Faro, todos os espaços públicos municipais têm o seu plano com todas as necessidades acauteladas, de modo a prevenir ocorrências, implementar as melhores práticas e, se for caso disso, dar uma primeira resposta à altura do que se exige”. 

O autarca apela ainda para que a população adote “comportamentos preventivos, agilizando cuidados básicos como a lavagem frequente das mãos e, em ambiente social, assegurar uma distância de proteção”.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste